26 de janeiro de 2012

Nokia anuncia prejuízo de quase 1,5 bilhão de euros

A Nokia, até outrora líder mundial em vendas de smartphones, anunciou nesta quinta-feira um prejuízo líquido de 1,2 bilhão de euros em 2011, dos quais 1,070 bilhão foram registrados somente no quarto trimestre, informou a empresa através de um comunicado.


Em 2010, a Nokia registrou lucro líquido de 1,8 bilhão de euros, dos quais 745 milhões foram referentes ao quarto trimestre do ano.

Em 2011, o volume de negócios da Nokia registrou queda de 9%, para 38,600 bilhões de euros, e uma queda de 21%, para 10 bilhões no quarto trimestre do ano com relação ao mesmo período de 2010.

A fabricante finlandesa vendeu 19,6 milhões de smartphones no período e um total de 93,3 milhões de celulares. Os 113,5 milhões de aparelhos, porém, foram inferiores aos 123,7 milhões vendidos no mesmo período de 2010.


A margem de lucro na venda de cada aparelho caiu para cerca de 3,4% do preço do dispositivo. Um ano atrás, a Nokia lucrava cerca de 12,7% do valor cobrado por seus aparelhos e, no terceiro trimestre de 2011, o lucro era de 12,1%. Essa queda na margem de ganhos foi importante para, apesar das vendas serem boas, o resultado da empresa ter sido negativo.

O principal responsável por esse enorme prejuízo sem dúvida foi a adoção do sistema operacional Windows Phone que não consegue fazer frente ao Android da Google. A linha de smartphones Lumia com Windows Phone da Microsoft lançada em outubro, vendeu apenas um pouco mais de um milhão de aparelhos, segundo o CEO da empresa, Stephen Elop divulgou.